Sexta-feira, 14 de Março de 2008

Samuel L. Jackson: Vendedor de Armas

 

Para além da boa sequência dos créditos, onde Jackie acompanha o ritmo da música, à medida que se dirige à porta de embarque do avião, o monólogo de Samuel L. Jackson, responsável aqui por uma das melhores interpretações da obra, é o início perfeito para esta obra de Quentin Tarantino.

 

 

publicado por RJ às 16:13
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 11 de Março de 2008

K Awards 2007

 

O atraso com que alguns filmes chegaram a Portugal, é o motivo para a lista dos melhores do ano passado só chegar agora... Pois se "Sweeney Todd" ou "No Country For Old Men" são considerados filmes de 2007, não faria muito sentido (na minha opinião) incluí-los numa lista de 2008.

 

Assim sendo, os filmes que tenham estreado este ano em Portugal, e cujas críticas ainda não tenha publicado (ou seja, que ainda não vi), serão considerados na próxima edição destes K Awards.

 

Comecemos, então...

 

 

FILME

 

 

1º "Sweeney Todd - The Demon Barber of Fleet Street"

2º "Eastern Promises"

3º "Letters From Iwo Jima"

 

 

ACTOR PRINCIPAL

 

 

Johnny Depp ("Sweeney Todd - The Demon Barber of Fleet Street")

Viggo Mortensen ("Eastern Promises")

Daniel Day-Lewis ("There Will Be Blood")

 

 

ACTRIZ PRINCIPAL

 

 

Helena Bonham-Carter ("Sweeney Todd - The Demon Barber of Fleet Street")

Keira Knightley ("Atonement")

Ivana Baquero ("El Laberinto Del Fauno")

 

 

ACTOR SECUNDÁRIO

 

 

Javier Bardem ("No Country For Old Men")

Vincent Cassel ("Eastern Promises")

Paul Dano ("There Will Be Blood")

 

 

ACTRIZ SECUNDÁRIA

 

 

Naomi Watts ("Eastern Promises")

Saoirse Ronam ("Atonement")

Amy Ryan ("Gone Baby Gone")

 

 

REALIZADOR

 

 

Tim Burton ("Sweeney Todd - The Demon Barber of Fleet Street")

David Cronenberg ("Eastern Promises")

Joel e Ethan Coen ("No Country For Old Men")

 

 

FILME DE ANIMAÇÃO

 

 

 

"The Simpsons Movie"

"Ratatouille"

"TMNT"

 

 

BANDA SONORA

 

 

 

"Sweeney Todd - The Demon Barber of Fleet Street"

"Letters From Iwo Jima"

"Atonement"

 

 

EFEITOS VISUAIS

 

 

"Pirates of the Caribbean - At World's End"

"Spider-Man 3"

"Transformers"

 

 

SEQUÊNCIA DE ACÇÃO

 

 

O Remoinho ("Pirates of the Caribbean - At World's End")

Perseguição Final ("3:10 to Yuma")

Luta Contra Sandman ("Spider-Man 3")

 

 

SURPRESA

 

 

1º "Sunshine"

2º "The Lookout"

3º "I Am Legend"

 

 

DESILUSÃO

 

 

1º "The Fountain"

2º "Fantastic Four - Rise of the Silver Surfer"

3º "The Painted Veil"

 

 

 

publicado por RJ às 18:36
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 8 de Março de 2008

Birthday

 

Neste 8 de Março, o humilde cinéfilo que partilha as suas opiniões convosco, através deste pequeno canto da blogosfera, completa mais um ano.

Hoje, é a notícia do dia, amanhã cá estarei novamente para falar de Cinema.

 

 

publicado por RJ às 10:25
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
Sexta-feira, 7 de Março de 2008

Efeitos Secundários

 

 

Aqui vos deixo passagens de outra obra-prima da literatura de Woody Allen, "SIDE EFFECTS", com tradução de Jorge Leitão Ramos:

 

"Quem adivinharia que, ao assistir à demolição de um edifício, na hora do almoço, seria atingido na cabeça por uma das esferas utilizadas para tal fim?

A pancada causou-lhe um choque total e Needleman expirou com um largo sorriso. As suas últimas e enigmáticas palavras foram:

- Não, obrigado, já tenho um pinguim."

 

pág. 9

 

 

"Se esses engenhos provêm, realmente, de um outro planeta, então a civilização que os concebeu deve ter milhões de anos de avanço sobre a nossa. Ou então, essa gente tem sorte. O professor Léon Speciman parte do postulado de que provêm de uma geração mais adiantada que a nossa cerca de quinze minutos. Isso dar-lhes-ia, pensa ele, uma grande vantagem, sobre nós, pelo menos para chegarem aos encontros urgentes."

 

pág. 34

 

 

"Recordo-me de ter olhado para o relógio da parede. Eram exactamente quatro horas e quinze minutos. Estou absolutamente certo da hora, porque o relógio da cozinha está parado há vinte e um anos, e nunca mais mudou um minuto sequer (...) Primeiro, pensei que a minha mulher me tinha apanhado a comer entre as refeições e largado fogo à casa."

 

pág. 39

 

"Posto na sua forma mais simples, a questão é: como é possível encontrar um significado para a vida num mundo finito, se forem dados a medida da minha cintura e o meu número de camisa? (...) Afinal de contas, é possível entrever a alma humana num microscópio? Talvez - mas só com um daqueles muito bons, que têm duas coisas para os olhos."

 

pág. 71

 

 

"A lasagna, ao invés, é bastante deliciosa e absolutamente nada didáctica. Na verdade, ainda contém uma réstea marxista, mas dissimulada pelo molho. Spinelli, durante anos devotado comunista italiano, fez grande sucesso com a inclusão subtil do seu marxismo no tortellini (...) No Restaurante Jacobelli, o antipasto consiste exclusivamente em aipo. Mas Jacobelli é um extremista. Quer chamar a atenção para o absurdo da vida. Quem pode esquecer os scampi: quatro camarões envoltos em alho, dispostos de uma forma que diz mais sobre o nosso envolvimento no Vietname que inúmeros livros sobre o assunto?"

 

pág. 142

 

 

" - Não te inquietes, papá, teremos tantas ocasiões!

Sentei-me na cama e olhei pela janela na direcção dos espaços infinitos. Pensei nos meus pais e perguntei-me se não faria melhor abandonar a carreira teatral e voltar para a escola de rabinos. Pela porta entreaberta vi Connie e Emily, felizes, falando alegremente com os convidados, e tudo o que consegui murmurar, enquanto continuava sentado, imóvel como uma estátua de pedra, foi uma velha reflexão que outrora fazia o meu avô e que é:

- Ora bolas!"

 

pág. 170

 

 

"SIDE EFFECTS", Woody Allen

 

publicado por RJ às 23:30
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 6 de Março de 2008

Calma... Eu Li Bem?

 

Zombie Strippers?

O que é que se passa aqui?

À primeira vista parece um projecto vindo da mente de alguém como Quentin Tarantino ou Robert Rodriguez (do estilo Grindhouse Parte III), mas não vejo o nome de nenhum deles no poster...

 

Vou confirmar se não estou a viver algum tipo de realidade alternativa, é que é demasiado mau para ser verdade... Afinal, se nem Tarantino se lembrou de tal projecto...

 

 

publicado por RJ às 14:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

A Aventura Mais Louca do Verão?

 

 

Saiu um novo trailer para "Wanted", filme de acção com Angelina Jolie, James McAvoy e Morgan Freeman, e se não é a aventura mais louca do próximo Verão, está lá perto.

 

Mas como qualquer coisa com Angelina Jolie, merece a minha atenção...

Vejam o novo trailer aqui!

 

 

publicado por RJ às 14:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 5 de Março de 2008

Não É Preciso Muito, Para Ser Genial

 

Não é preciso muito, não. De facto, basta ter Woody Allen a falar, sem que nada mais aconteça no ecrã.

Tal como na literatura, dotado de uma extraordinária capacidade para divagar sobre o sentido de tudo, com perspicácia e simplicidade.

 

 

publicado por RJ às 22:41
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 2 de Março de 2008

"No Country For Old Men"

 

 

Western Moderno

 

Premissa: Quando Llewelyn Moss encontra dois milhões de doláres no meio do deserto, desencadeará uma onda de violência provocada por um assassino, enviado para o matar e recuperar o dinheiro.

 

Veredicto: A nova obra dos Coen chega às salas e é de facto, portentosa.

O título do filme, deriva da personagem de Tommy Lee Jones, um xerife prestes a reformar-se, que se sente incapaz de acompanhar a evolução dos tempos.

 

O adjectivo que melhor descreve "No Country For Old Men" é sem dúvida, árido, tal como as paisagens em que a acção tem lugar. A ausência de banda sonora ao longo de todo o filme causa ainda mais esse efeito de dureza, afinal, não existe música a acompanhar os acontecimentos na vida real.

O cenário e o teor da história fazem o filme um verdadeiro western dos tempos modernos, senão vejamos, temos as paisagens desérticas, um xerife, o perseguidor implacável e uma questão de dinheiro que poderia facilmente acontecer no velho oeste após um assalto a uma diligência.

 

Não é díficil observar e admitir que Javier Bardem, é a alma do filme. O seu personagem Anton Chigurh, o psicopata que delira com a violência e a crueldade, entrou já na galeria dos grandes vilões e assassinos do Cinema, e parece impossível chamá-lo secundário, pois se foi assim designado nos Óscares, a única explicação plausível será a de procurar evitar um duelo entre este e Daniel Day-Lewis.

 

Chigurh é um fantasma, e a personificação de uma nova evolução dos tempos em violência, que a lei não consegue acompanhar ou deter. A interpretação de Bardem é notável, inspira medo e fascina ao mesmo tempo. No seu rosto vemos segurança, calma, mas loucura, como na cena em que mata um polícia, e é invadido por uma verdadeira onda de prazer e felicidade.

O penteado, o jogo da moeda, a botija de ar comprimido, a forma de andar e de falar, tudo calculado ao milímetro na criação de uma das mais marcantes personagens do ano.

 

A melhor obra dos Coen? Talvez.

 

8.5/10

 

Memorable Quotes

 

Llewelyn Moss: If I don't come back, tell mother I love her.
Carla Jean Moss: Your mother's dead, Llewelyn.
Llewelyn Moss: Well then I'll tell her myself.

 

Anton Chigurh: Call it.
Gas Station Proprietor: Call it?
Anton Chigurh: Yes.
Gas Station Proprietor: For what?
Anton Chigurh: Just call it.
Gas Station Proprietor: Well, we need to know what we're calling it for here.
Anton Chigurh: You need to call it. I can't call it for you. It wouldn't be fair.


Carson Wells: Do you have any idea how goddamn crazy you are?
Anton Chigurh: You mean the nature of this conversation?
Carson Wells: I mean the nature of you.

 

Man who hires Wells: [about Chigurh] Just how dangerous is he?
Carson Wells: Compared to what? The bubonic plague?

 

publicado por RJ às 14:26
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 1 de Março de 2008

Japoneses Sem Inspiração?

 

 

O poster de "Donnie Darko" e o poster japonês para "No Country For Old Men", ambos usando formas preenchidas com imagens das personagens.

 

 

publicado por RJ às 12:11
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. 19 seguidores

.pesquisar

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Os X-Men regressam ao fut...

. O "nada fantástico" Homem...

. I'll be back

. It's that time of the yea...

. Afinal o "Hugo" não é um ...

. E se não há palavras, há ...

. Não há palavras que o des...

. Drivers

. O Natal chegou mais cedo

. Neon-Noir

.arquivos

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds