Sábado, 4 de Fevereiro de 2012

E se não há palavras, há música

 

Quando não há palavras, usam-se as imagens e a música. Não receie quem teme pelo facto de faltarem palavras para descrever "The Artist", porque a música do filme não o podia descrever melhor.

 

 

 

publicado por RJ às 20:38
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 20 de Julho de 2011

O Homem-Aranha da geração "Twilight"

 

Já está o trailer do "The Amazing Spider-Man".

 

Ainda não me consegui mentalizar de que para o ano estreia o reboot do Homem-Aranha.

Os filmes do Sam Raimi foram altamente aclamados, especialmente os dois primeiros, que são das melhores adaptações de comics para o grande-ecrã, e marcaram o imaginário tanto de miúdos como de graúdos. Já não é possível imaginar o Aranhiço sem pensar naqueles filmes. Raimi e Tobey Maguire estavam prontos para avançar para o quarto filme, mas por desacordos com a Sony o acordo foi cancelado, e em vez disso, a produtora decidiu começar tudo do início.

Ora bem, o primeiro "Spider-Man" é de 2002, e o último é de 2007! Foi há quatro anos que vimos Maguire como Homem-Aranha nos cinemas pela última vez, e daqui a uns meses vamos ver novamente como Peter Parker se torna super-herói, apesar de a maior parte da população do planeta saber de trás para a frente como é que isso aconteceu, e que "com um grande poder vem uma grande responsabilidade", etc...

 

Resumindo, é ridículo. Qualquer dia, começam a planear refazer filmes no dia de estreia.

Esta febre do reboot e remake é não só um perigo para a originalidade, como um perigo para o próprio Cinema. Existem muitos filmes que só passados alguns anos é que foram conquistando amor entre apreciadores de Cinema. Quem ama filmes sabe bem que os filmes são algo para ser degustado, visto e revisto à medida que se cresce, porque com o passar dos anos, em contextos diferentes, o filme ganha novos significados e é-lhe reconhecida ou negada, qualidade.

Está portanto em causa o crescimento do filme culturalmente, para a sociedade que o vai redescobrindo. A obra vai marcando não só a mesma pessoa, mas novos espectadores, que a descobrem pela primeira vez. Só através deste processo é que se descobre se o filme sobrevive ou não ao teste do tempo.

Um filme é pois, o retrato do tempo em que foi feito, e pode definir o rumo de um género cinematográfico, como aconteceu com os "Spider-Man", que foram tidos como exemplo de como fazer um bom filme de super-heróis para os anos 2000. E tanto que é um retrato do seu tempo, que responde a modas.

 

A decisão de refazer esta saga, e o modo de a refazer, é fruto de uma moda.

Há não muito tempo, uma espécie de novela de vampiros adolescentes começou a fazer milhões e a definir os gostos de uma boa fatia da demografia dos jovens espectadores de Cinema. Proliferaram os Emo's, espécie de adolescentes com tendências depressivas que vêem as suas questões existênciais retratadas nomeadamente na obra de uma certa Stephenie Meyer, a saga "Twilight". Adaptada ao Cinema, tornou-se numa mina de ouro que explora sobretudo a obsessão que as fãs histéricas da saga alimentam em relação aos seus protagonistas, heróis supostamente perseguidos por conflitos com um lado sombrio da sua natureza, que mais não é do que falta de capacidades para a carreira de actor.

Ora eu, quando vejo naquele trailer, o Peter Parker no fundo da sala de aula de capuz posto com ar de quem está a planear como cortar os pulsos, não consigo deixar de suspeitar que isto é um reboot feito a pensar nos jovens Emo. O que é triste.

 

Eu sou fã do Aranhiço desde pequeno, e apesar de não ter um conhecimento enciclopédico sobre a personagem, do que conheço de comics e desenhos-animados, ele é tudo menos um jovem adolescente depressivo. Sim, perdeu os pais e o tio e tem de derrotar o Duende Verde enquanto tenta não chegar atrasado à entrevista de emprego, mas fazia-o com a ajuda do seu sentido de humor e do sentido de justiça.

Raimi não retratou muito o lado cómico da personagem, mas o seu Peter Parker não deixa que a falta de dinheiro para a lavandaria o impeça de ver o lado positivo das coisas. Os filmes são soalheiros, e foi precisamente quando tentou tornar o seu Peter sombrio no sentido da "geração Emo" que fez o terceiro filme descarrilar.

 

Marc Webb até realizou aquela coisa fofinha de nome "500 Days of Summer", e por esse motivo estava à espera de melhor... Enfim, ainda é cedo para condenar definitivamente o filme, mas que me parece um clara tentativa de adaptar um personagem intemporal a uma moda do momento, parece. Safa-se aquele poster do "Rear Window" que este Peter Parker tem no quarto.

Este desejo de lucrar com a geração Twilight ameaça seriamente destruir o futuro dos bons heróis para jovens.

 

 

 

publicado por RJ às 22:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 18 de Julho de 2011

O fim de Gotham... agora com teaser trailer

 

E aqui está ele, o teaser que está a incendiar a Internet. Não é muito, mas pelo menos não são só vozes.
Com uma espera de um ano pela frente, o habitual secretismo de Christopher Nolan ainda vai manter os detalhes da história ocultos durante muitos meses, o que dá tempo mais do que suficiente para fazer crescer o hype e fornece bom material para conversas de café. E de blog, pois claro.
 
 
 
 

 

 

 

publicado por RJ às 22:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 7 de Junho de 2011

A verdade sobre a morte de Bin Laden

 

Quais SEALs, qual quê... aqui está o herói a quem o povo americano devia realmente agradecer.

 

 

 

publicado por RJ às 19:27
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 1 de Abril de 2010

À procura do messias

 

Deixo-vos este magnífico excerto de "Life of Brian" dos Monthy Pyton, e votos de uma Páscoa feliz a todos os visitantes desde blog!

 

publicado por RJ às 13:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2010

Alice, ajuda-nos a endireitar o país

 

 

Qual não é a minha surpresa ao descobrir numa consulta ao calendário de estreias do Sapo, que "Alice in Wonderland" vai estrear em Portugal com uma versão dobrada.

 

Ora isto deixa-me estupefacto. Um filme do Tim Burton dobrado?

E nem têm a desculpa do "ser de animação", porque não é, por muita fantasia que tenha. Além do mais, eu não consigo acreditar que o Burton tenha feito um filme infantil, ou pelo menos, tão infantil que mereça uma dobragem.

 

Apesar de me dar por contente por não ser como em Espanha, por exemplo, onde todos os filmes são dobrados, ver um Tim Burton dobrado, ainda por cima quando é de "imagem real", e ver o Johnny Depp a falar português, é daquelas coisas que eu esperava sinceramente que nunca tivessem acontecido. Confesso, dá-me alguns arrepios.

Como é óbvio, vou ver a original, nem que tenha de ir a um Cinema em Trás-os-Montes.

 

(e já agora, a "ajuda-nos a endireitar o país" é particularmente engraçada, não é?)

 

 

 

publicado por RJ às 00:13
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009

Hasta la vista, baby Jesus

 

O Terminator é enviado até ao ano 0 para salvar... o filho de Deus.

Simplesmente genial.

 

 

 

publicado por RJ às 15:34
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 21 de Novembro de 2009

Homem-Aranha 4: Problemas de Paternidade

 

 

Uma chamada de casting para crianças gémeas ruivas na casa dos 2, 3 anos denuncia que provavelmente no novo filme do Homem-Aranha, Sam Raimi vai pôr o herói da Marvel frente ao seu maior inimigo até à data: a mudança de fralda.

São gémeos, porque para filmes, crianças tão pequenas não podem trabalhar muitas horas, e num dia usa-se um no dia seguinte usa-se o outro, e ruiva porque... bem, a Mary Jane é ruiva.

Parece que o Peter Parker resolveu levar a Kirsten Dunst para o seu esconderijo de teias longínquo e aproveitar finalmente o tempo que passa com ela.

 

Claro que tudo isto pode revelar-se ser mentira, e as crianças são apenas figurantes que aparecem dois segundos no ecrã, e Raimi vai dispensar o sketch da mudança de fralda e ficar-se pelos duelos com o Lagarto, (que parece também ter sido confirmado como o vilão do filme).

 

A ver, sinceramente, acho que é um mau caminho, esse de dar ao Aranha um filho... Super-heróis a lidar com a paternidade nunca resultou muito bem, especialmente porque a maioria prefere simplesmente fugir do assunto:

 

 

 

 

publicado por RJ às 16:08
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 27 de Outubro de 2009

Batman enfrenta problemas técnicos

 

Sabem porque é que é difícil manter uma conversa com o Batman? Porque ele gosta de desaparecer misteriosamente a seguir a fazer uma pergunta relativamente enigmática. Isto, quando o consegue fazer...

Vejam os problemas de se tentar ser um super-herói misterioso aqui!

 

 

 

publicado por RJ às 12:10
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 22 de Julho de 2009

A mais louca fã de Harry Potter

Pensam que ir à Fnac à meia-noite é exagerado? Vocês ainda não viram nada...

 

Apresento-vos a mais louca fã de Harry Potter em toda a galáxia, uma japonesa que venceu um concurso para visitar o set de "Harry Potter and the Deathly Hallows" e conhecer os actores do filme.

A histeria, e basicamente tudo o que ela faz e diz, é ao mesmo tempo hilariante, embarassador, constrangedor e assustador.

 

Pessoalmente, faz-me ter ainda mais respeito e consideração por estes jovens actores. Ser fã? Sim, isso também eu sou, mas um pouco de calma, por favor...

 

 

 

 

 

 

publicado por RJ às 14:17
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. E se não há palavras, há ...

. O Homem-Aranha da geração...

. O fim de Gotham... agora ...

. A verdade sobre a morte d...

. À procura do messias

. Alice, ajuda-nos a endire...

. Hasta la vista, baby Jesu...

. Homem-Aranha 4: Problemas...

. Batman enfrenta problemas...

. A mais louca fã de Harry ...

.Filme da Semana

Uploaded with ImageShack.us

.arquivos

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds