Sábado, 27 de Outubro de 2007

Trevas na Luz

 

No seguimento do recente artigo, "O Estranho Mundo de Tim Burton" lanço agora outros artigos onde exploro em mais detalhe as obras deste realizador.

 

Falemos, pois, de "Charlie and the Chocolate Factory", um dos mais excêntricos universos de Tim Burton!

Um mundo, que é, incrivelmente colorido.

 

 

Tim Burton, cria atmosferas profundamente belas, mas todos sabemos que, na luz, também existe escuridão... Como se comprova neste filme, onde acompanhamos um rapaz pobre numa mágica viagem.

 

As crianças que o acompanham são puras e geniais críticas a uma juventude que, como um incontável número de idosos confirmaria, "se está a perder". Cada criança é uma deliciosa caricatura em miniatura.

Temos dois rapazes, um glutão e um viciado em jogos de vídeo e televisão, que considera tudo o que o rodeia uma "perda de tempo", e duas raparigas, uma cujo maior objectivo em vida é ganhar tudo, e a outra que é ter, tudo.

Aqui estão os pecados apontados pelo mestre Burton.

 

Nenhum destes jovens, possui a singular humildade de Charlie, para quem tais coisas não constam no dicionário, e para o qual a família, é o bem mais precioso que possui.

 

 

Cedo percebemos que o mestre do chocolate fará de "juíz" no que toca a castigar os jovens pelos seus pecados, à medida que estes são (sádicamente) eliminados, um por um.

 

Mas com o avançar do filme, descobrimos ainda que nem tudo é cor no mundo do magnata dos doces, afinal, onde há luz, há escuridão.

Willie Wonka, permaneceu uma criança com o passar dos anos, após uma juventude atormentada por um pai, que representa o inimigo da indústria do chocolate, o dentista. Impedido de comer doces, Wonka acabou por fugir e iniciar o percurso que o levou à criação da mais excêntrica fábrica do Universo. Por dentro, é um novo mundo, onde não existe outra coisa, sem ser a cor.

 

 

Burton leva-nos ao encontro do tema da escuridão na luz, quando, após o terminar do filme, percebemos que Wonka havia criado um mundo alegre sem sinal da palavra tristeza, para ocultar o facto de ter tido uma juventude infeliz, e de viver intimamente atormentado. Culpando a figura da "família" e construindo um universo onde também essa palavra, não é pronunciada.

 

Esta viagem cinematográfica, é pois um divino conto para todas as crianças que vivem dentro de nós, tenhamos 7 ou 77 anos. E vale a pena dizer que, fará pensar se, a mais profunda de todas as tristezas, não é encontrada nos mais belos lugares.

 

 

 

 

publicado por RJ às 21:47
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De wasted blues a 27 de Outubro de 2007 às 23:55
É dos filmes que menos gosto do Burton. A primeira parte, que nos lembra Charles Dickens é muito boa, mas o resto não me agradou tanto.

Ainda não revi o filme, talvez um segundo visionamento me tire o gosto de (relativa) desilusão que senti da primeira vez.
De RJ/KritiCinema a 28 de Outubro de 2007 às 12:38
Não acho que seja o melhor do Burton, mas ainda assim, é mágico.

Vale a pena lembrar que é baseado num livro de Roald Dahl com o mesmo nome, mas mesmo assim, e quem leu o livro sabe-o, a obra não deixa de ter o grande toque "Burtonesco".

Cumprimentos Wasted!
De Luna a 28 de Outubro de 2007 às 20:02
para variar, um excelente artigo.
e, para variar tambem, este e um muito bom filme (embora nao tao bom ao pe de outros) do genial Tim Burton.
beijinhos*
De Ricardo Fernandes a 29 de Outubro de 2007 às 14:32
Estou de acordo com a Blues. De qualquer forma, aqueles camiões vermelhos a espalhar chocolate, perante o cinzento mundo para além da mágica fabrica de chocolate é algo de fenomenal!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Os X-Men regressam ao fut...

. O "nada fantástico" Homem...

. I'll be back

. It's that time of the yea...

. Afinal o "Hugo" não é um ...

. E se não há palavras, há ...

. Não há palavras que o des...

. Drivers

. O Natal chegou mais cedo

. Neon-Noir

.Filme da Semana

Uploaded with ImageShack.us

.arquivos

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds