Sábado, 23 de Janeiro de 2010

Aventuras e desventuras de um hobbit

 

O produtor da Warner Brothers Alan Horn, em entrevista à Varietyafirmou que a data mais provável de estreia do primeiro dos dois filmes que servirão de prequelas a "The Lord of the Rings", é de finais de 2012.

 

Ora bem, vamos recapitular, fazendo uma retrospectiva sobre as aventuras e desventuras que têm envolvido o início dos trabalhos nessa nova viagem à Terra-Média:

 

Desde a estreia do último capítulo da trilogia do anel, "The Return of the King", no Natal de 2003, e do seu sucesso, quer a nível de bilheteiras, quer a nível da "crítica especializada", (afinal este terceiro capítulo levou para casa os 11 Óscares para que estava nomeado), que se pensa em "The Hobbit", a prequela da trilogia.

Ainda assim, depois de descansar do árduo trabalho de dar vida à obra-prima literária de J. R. R. Tolkien, e de fazer uma dieta, Peter Jackson tira umas férias para longe da Terra-Média e aventura-se a fazer o remake de "King Kong", um amor cinematográfico da infância do realizador.

O resultado? Mágico, mais uma vez. Mas os fãs continuavam a aguardar ansiosamente por uma nova visita ao universo de Tolkien (ou não fossem eles fãs, claro está), além de que esta prequela seria sem dúvida uma aposta ganha, desde que Peter Jackson mantivesse algum "controlo criativo".

 

E eis que, em meados de 2006, Peter Jackson processava a New Line Cinema, por acertos de dinheiro.

Seguem-se tempos em que o futuro de "The Hobbit" é incerto, até chegarmos a Dezembro de 2007, altura em que Jackson e a New Line fazem as pazes. No entanto, apesar de ter resolvido as suas questões de dinheiro com a produtora, fica claro nesta altura que Jackson não ocuparia a cadeira de realizador da prequela, devido aos seus compromissos com "The Lovely Bones" e à sua cooperação com Steven Spielberg numa trilogia que trará Tintin ao grande ecrã.

No entanto, Peter Jackson, a sua mulher Fran Walsh e a amiga do casal, Philippa Boyens, argumentistas e produtores de "The Lord of the Rings", iriam manter-se como argumentistas e produtores de "The Hobbit", portanto, mesmo com uma mudança no cargo de realizador, o projecto não estaria mal encaminhado.

É também anunciado que esta prequela iria consistir em dois filmes, sendo o segundo uma possível ponte de ligação com a trilogia do anel, explorando acontecimentos que conduzem até essa trilogia mas que não fazem parte de "The Hobbit".

 

Começa então a especulação sobre quem seria o realizador, tendo os nomes mais prováveis na altura sido os de Sam Raimi, Alfonso Cuáron Guillermo Del Toro. A escolha acabou por recair no mexicano Del Toro, realizador dos filmes "Hellboy" e do fenomenal "El Laberinto Del Fauno".

Por esta altura, os dois filmes tinham como data de estreia provável, os Natais de 2010 e 2011...

 

Porém, em meados de Fevereiro de 2008, os herdeiros de J. R. R, Tolkien processam a New Line Cinema por acharem que a produtora ainda lhes devia dinheiro. Voltam a surgir dificuldades, e o futuro do Hobbit volta a ser incerto.

Felizmente esta questão lá se resolve, e tudo parece estar bem encaminhado...

 

Então segue-se a falência da New Line Cinema, que é comprada pela MGM, e a data de estreia dos filmes é por esta altura de Natais de 2011 e 2012.

A MGM vai por sua vez à falência e a Warner Brothers vem então assegurar a produção de "The Hobbit", (sendo que a New Line existe agora sobre a alçada da Warner Brothers).

 

Depois da escolha do realizador, e de o projecto continuar a sobreviver face às inúmeras dificuldades que encontrou, a especulação começou em relação a quem seria o actor a interpretar o protagonista Bilbo Baggins, com nomes como os de James McAvoy e Martin Freeman a liderar as apostas.

Com tudo isto, desde há para aí, ano e meio que Peter Jackson, Fran Walsh, Philippa Boyens e o realizador Guillermo Del Toro andam a trabalhar nos argumentos dos dois filmes, sendo que Del Toro disse lá por finais de 2008 que estariam perto de anunciar o actor a desempenhar o papel principal de Bilbo Baggins...

 

Tobey Maguire foi umas quantas vezes anunciado como sendo o escolhido para interpretar Bilbo, (rumor este que foi recentemente negado pelo próprio Guillermo Del Toro no fórum do site TheOneRing.net) mas nada de concreto quanto ao protagonista foi revelado até agora.

De momento, foi anunciado que o argumento da primeira prequela está terminado e a equipa está agora a trabalhar no da segunda prequela.

 

Pensava-se que os filmes começariam a ser filmados no início do Verão deste ano, sendo que o tempo total de filmagens é de 13 a 14 meses, e tendo em conta que a construção de sets já começou, mas com esta declaração do produtor Alan Horn, em como o primeiro filme só estreará em finais de 2012, volto a duvidar de que vejamos grandes avanços no que a estes filmes diz respeito num futuro próximo.

Os processos de casting aparentavam estar a avançar, mas com as nossas expectativas frustradas tantas vezes, e com o anúncio de que a divulgação da preciosa informação de quem serão os actores principais, a ser repetidamente anunciado como estando "para breve" desde há ano e meio, parece-me que todos os que aguardam impacientemente por este filme, terão de se encher de paciência.

 

O rumor mais popular no momento sobre quem será Bilbo aponta para David Tennant.

Ainda assim, o cerne da questão parece residir no facto de a produtora precisar de ver os argumentos concluídos para ser acertado o orçamento dos dois filmes, e só depois poderemos ver a escolha de actores anunciada.

Enfim... a paciência é uma virtude, mas não há dúvida de que estas prequelas estão a ter um parto difícil e demorado.

 

 

 

publicado por RJ às 16:39
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010

Globos de Ouro 67

 

 

Aqui ficam os principais vencedores dos Globos de Ouro de ontem à noite:

 

Melhor Filme (Drama) - "Avatar"

Melhor Filme (Comédia/Musical) - "The Hangover"

Melhor Realizador - James Cameron ("Avatar")

Melhor Actor Principal (Drama) - Jeff Bridges ("Crazy Heart")

Melhor Actriz Principal (Drama) - Sandra Bullock ("The Blind Side")

Melhor Actor Principal (Comédia/Musical) - Robert Downey Jr. ("Sherlock Holmes")

Melhor Actriz Principal (Comédia/Musical) - Meryl Streep ("Julie and Julia")

Melhor Actor Secundário - Christoph Waltz ("Inglourious Basterds")

Melhor Actriz Secundária - Mo'Nique ("Precious")

Melhor Argumento - Jason Reitman e Shelton Turner ("Up in the Air")

 

Podem ver a lista completa aqui!

 

Apesar da boa surpresa que foi Robert Downey Jr. vencer por "Sherlock Holmes", e da mais que merecida vitória de Christoph Waltz, dados os absurdos vencedores das categorias de Melhor Filme - Drama e Melhor Realizador, acho que estes prémios perdem credibilidade a cada ano que passa.

 

Acho que as vitórias de "Avatar", (a. k. a. "Pocahontas Espacial"), em Melhor Filme - Drama e Melhor Realizador presagiam que o filme se torne um dos mais sobrevalorizado de sempre. E o meu maior receio, é que esta vitória se repita nos Óscars, coisa que me parece ser bem provável...

É também a prova definitiva de que James Cameron é um dos tipos mais poderosos da indústria. Sim, o filme tem excelentes efeitos visuais, mas não estamos a falar de Melhor Blockbuster, mas de melhor filme dramático!

Será que fui o único a achar a história tão pouco original que me escapou a suposta carga dramática do filme? É que isto é na verdade um grande feito para um realizador que se limitou a acrescentar naves espaciais à história da Pocahontas...

 

Se esta vitória é uma espécie de prémio a Cameron por ter revolucionado o 3D, então dêem-lhe um prémio de efeitos visuais. Dar-lhe estes Globos só me faz pensar que de facto, o senhor deve ter muitos amigos no ramo.

É a única resposta que me ocorre para explicar de forma lógica esta vitória, quando tinha como adversários um "Up in the Air" que me parece excelente, e principalmente um "Inglourious Basterds" que é, simplesmente, um dos melhores filmes que vi em toda a minha vida.

A minha esperança de ver vencedores justos na noite de Óscars de 7 de Março deste ano é agora muito pequena... Mas pode ser que, por uma ocorrência mágica qualquer, Quentin Tarantino saia vencedor...

 

Estes prémios dados ao "Pocahontas Espacial", são só mais duas vitórias absurdas para a História dos prémios de Cinema, que tantas vezes "meteram a pata na poça".

A conclusão a tirar? Valem o que valem: muito pouco.

 

 

 

publicado por RJ às 15:27
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|
Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2010

K Poster Awards 2009 - O Melhor

E agora, o melhor do mundo dos posters em 2009...

 

 

Pormenor do Ano

 

Este poster japonês, (ou será chinês?), de "Inglourious Basterds" tem um pormenor simplesmente delicioso, que eu não poderia deixar de destacar nesta retrospectiva:

 

 

Hans Landa é apresentado no fundo da imagem, aparecendo no ecrã da sala de Cinema com o seu sorriso sádico.

Não só é cómico e tem o particular toque maléfico da personagem, como a ideia de o colocar a ele, a grande persoagem do filme, no ecrã de Cinema representa extraordináriamente bem o papel que o Cinema desempenha na história.

Fantástico.

 

 

TOP 5 de Taglines

 

Uma tagline memorável pode fazer tanto por um filme como um poster memorável. Afinal, não são só as imagens que ficam na memória, as palavras também.

Aqui ficam as cinco melhores taglines do ano:

 

5

 

"This is not a love story. This is a story about love."

("(500) Days of Summer")

 

4

 

"You haven't seen war until you've seen it through the eyes of Quentin Tarantino"

("Inglourious Basterds")

 

3

 

"Life can only be understood backward it must be lived forward"

("The Curious Case of Benjamin Button")

 

2

 

"See it with someone you ****"

("The Girlfriend Experience")

 

1

 

"He was dead... but he got better."

("Crank: High Voltage")

 

Eu nem sequer vi os dois filmes que estão nos dois primeiros lugares, mas acho que isso acaba por provar que as suas taglines são boas o suficiente para me ficarem na memória, mesmo sem ter visto o filme propriamente dito.

A do "The Girlfriend Experience" de Steven Soderbergh com a actriz pornográfica Sasha Grey é ousada, e a do segundo "Crank", numa vertente mais humorística é basicamente fabulosa, e consegue provocar-me sempre um sorriso quando me lembro dela.

 

 

TOP 5 de Posters

 

Passamos agora ao melhor dos posters em 2009.

Aqui ficam os cinco posters que melhor mostraram como um poster pode definir um filme, e tornar-se único:

 

 

5

 

4

 

3

 

2

 

1

 

 

Aqui a escolha entre o número 2 e o 1 é difícil... Mas pronto, quem leva a medalha de ouro virtual dos posters aqui no KritiCinema são os bastardos...

 

Estes posters para Benjamin Button e para os bastardos são a representação perfeita de como a simplicidade pode fazer de um poster um magnífico retrato de um filme.

Este poster para "The Curious Case of Benjamin Button", apesar de não ser o mais conhecido, é uma imagem aterradora, (no bom sentido). Resume bem o conceito da história e ao mesmo tempo é arrebatadora pela reacção que provoca em quem o vê, despertando tanto a estranheza como o lado mais sensível do observador. É ainda uma imagem com invulgar poder pela evocação do elo maternal e por construir uma imagem de contornos quase religiosos.

Tem invulgar beleza e sensibilidade, e representa o lado mais estranho, e o lado mais belo, da história.

Todos os posters de "Inglourious Basterds" são belíssimos, este é o que destaco e é o que, para mim, é o melhor poster de 2009.

Menos muitas vezes é mais, e essa simplicidade torna-o numa imagem que além de provocar curiosidade, introduz de forma perfeita a última obra-prima de Quentin Tarantino

Além de puro e duro, é uma imagem icónica deste filme mais-que-perfeito.

 

 

Nota: Apesar de este ano voltar a fazer estas listas de final de ano com base no calendário de estreias português de 2009, incluí o "(500) Days of Summer", pois devia ter estreado nas salas e foi ignorado pelas distribuidoras, e não só tem um belo poster como é um excelente filme.

 

 

 

publicado por RJ às 23:32
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 8 de Janeiro de 2010

K Poster Awards 2009 - O Pior

Assim começa a minha retrospectiva do ano de 2009. 

E nada melhor para começar, do que avaliar uma componente do Cinema bastante apreciada por mim: posters.

Os posters podem ser muito mais do que simples cartazes a indicar às pessoas o título de um filme e os famoso que nele entram. Quando bem feitos, além de criarem curiosidade e expectativa em relação a um filme, são puras obras de arte que perdurarão na memória das pessoas juntamente com o filme, ou até no lugar deste.

 

Aqui fica o pior do mundo dos posters em 2009, dividido em categorias, algumas das quais, servem para visitar alguns clichés comuns no mundo dos posters:

 

 

 Déjà Vu

 

  

 

O primeiro poster para "Jennifer's Body", (filme que sai directamente para DVD em Portugal, com Megan Fox a interpretar uma adolescente possuída por um demónio que resolve começar a comer, literalmente, os rapazes da escola), copia aqui descaradamente o poster para a popular série sobre vampiros, "True Blood".

Por ser tão óbvio, não sei se poderá ser uma "homenagem" ao poster da série, (apesar de não me parecer ser esse o caso, honestamente), mas de qualquer forma, é falta de originalidade, tratando-se simplesmente de imitar uma ideia "atraente".

 

 

Clichés do Costume:

 

Personagens Principais em Pose Séria/Aventureira

 

 

 

Comum no blockbuster. Quando a imaginação não é muita, e quando a imagem das personagens é familiar à maior parte da população do planeta, basta colocá-los com um olhar sério, (também conhecido como "pose standard dos filmes de aventura"), e deixar a já elevada fama do franchise fazer o resto.

O pormenor de não mostrar completamente o nome do franchise do filme também é um pormenor engraçado, e ilustra bem este princípio. No fim de contas, o Harry Potter é tão conhecido que nem é preciso mostrar o título completo, pela cara dos actores e com o desenho de duas ou três letras, as pessoas chegam lá.

 

 

Cabeças a Flutuar

 

Este é um dos grandes clichés do mundo dos posters, colocar o rosto do(s) protagonista(s) sobre um fundo com cores atraentes e possíveis cenários exóticos, para atrair facilmente o olhar do comum espectador.

O que torna este poster de "Avatar" exemplo do que se fez de pior este ano nesta nobre arte, é não só usar este cliché tão repetido, como usá-lo para produzir um resultado tão fraco. Mesmo tendo cores "agradáveis à vista", muita boa gente conseguiria fazer melhor no Photoshop com uma ou duas imagens do filme.

A desilusão torna-se ainda maior dada a grande produção de que se trata. São estes super-blockbusters que dispõem das maiores equipas criativas, mas no entanto, são na maioria das vezes destes super-blockbusters que vêem posters repetitivos e fracos como este.

Lá está, as tais equipas criativas estavam todas ocupadas com os efeitos especiais...

 

 

Close-Up da Cara de Um Actor Conhecido e Fundo Pirotécnico

 

 

 

É uma ligeira variação do cliché anterior, e é um tipo de poster comum à maioria dos filmes de acção. Afinal, não há nada que atraia tanto o típico apreciador do espectáculo pirotecnico como a cara de um actor famoso e um fundo frenético que promete a referida priotécnia. 

 

 

Imagem com Significado Confuso

 

 

Claro que a maioria dos posters não fazem muito sentido do ponto de vista estritamente lógico. Tenham eles desenhos que desafiem a criatividade ou montagens fraquinhas, o poster não tem de responder de forma afirmativa à pergunta "Isto podería acontecer na realidade?", quer seja bom ou mau.

Em todos os posters que apresentei até ao momento, existe falta de lógica, pela negativa, mas existem sempre posters que sobressaiem por realmente não fazerem sentido de qualquer ponto de vista. Colocar simplesmente as cabeças dos protagonistas a flutuar, serve o propósito de apresentar uma "carinha laroca" ou atrair espectadores com caras conhecidas, mas este poster do "Terminator Salvation", apesar de possivelmente servir para atrair as fãs do Christian Bale, não tem realmente sentido nenhum. E ainda existe outra versão com a personagem do Sam Worthington.

A menos que me esteja a escapar algum pormenor que fizesse esta imagem ter sentido, ela é mesmo um ataque à lógica, mesmo dentro do que é aceitável num poster.

Vejamos: temos o Sr. Bale à chuva, com ar de durão. Isso percebo, lá está, para atrair as fãs. Mas e o resto?

Está ali a centímetros da cara dele uma coisa parecida com uma mão de uma máquina, ou qualquer outro componente com aspecto ameaçador, e ele continua estático aparentando não ter reparado numa coisa que daqui a um ou dois segundos irá colocar em risco tudo o que está acima do seu pescoço...

Estranho.:

 

 

Prémio Especial:

 

Poster para Raparigas Adolescentes Fãs de Sagas Ridículas

 

 

Sobre este acho que nem é preciso dizer muita coisa, o título fala por si...

É o tipo de poster que encontrarão nas paredes dos quartos das tontinhas fãs do Lusco-Fusco, (nome bastante apropriado para esta saga, da cortesia do JBM).

 

 

 

publicado por RJ às 23:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2010

Entrar com o pé direito

 

Cá estamos nós em 2010.

Em jeito de introdução ao que nos espera este ano em termos cinematográficos, deixo aqui dez destaques que me ocorrem de momento, para todos aqueles que quiserem algumas recomendações sobre o que está aí a chegar.

 

"Nine" - 14 de Janeiro

O novo musical de Rob Marshall, com Daniel Day-Lewis na pele de um realizador italiano a passar por uma ligeira crise existencial, que revê as suas relações com as (muitas) mulheres que o rodeiam. Entre elas estão Nicole Kidman, Penélope Cruz, Marion Cotillard, Judi Dench e Sophia Loren.

Trailer

 

"A Serious Man" - 4 de Fevereiro

Os vencedores do Óscar em 2008 por "No Country for Old Men", Joel e Ethan Coen, regressam desta vez num registo cómico. Fica prometido o melhor do humor desta grande dupla de realizadores e argumentistas.

Trailer

 

"The Men Who Stare at Goats" - 28 de Janeiro

Ewan McGregor é um jornalista que investiga um projecto militar secreto do governo americano, para desenvolver um grupo de soldados com habilidades psíquicas e ligeiramente paranormais. Entram também George Clooney, Jeff Bridges e Kevin Spacey, e tendo sido altamente elogiada pela crítica, é uma comédia que promete. Muito.

Trailer

 

"Whatever Works" - 4 de Fevereiro

A nova comédia de Woody Allen, com Larry David no papel da habitual personagem ligeiramente neurótica do universo Allen, e com Evan Rachel Wood, para muitos uma revelação do último ano, apesar de chegar cá com atraso, é algo a aguardar com a habitual expectativa que envolve todos os que, como eu, são grandes fãs do mestre Woody.

Trailer

 

"Up in the Air" - 21 de Janeiro

Outra estreia de George Clooney, realizado por Jason Reitman, (realizador de "Juno"), é o filme que lidera as nomeações aos Globos de Ouro, e parece ser um filme a aguardar como algo bastante consistente e com uma boa interpretação do Sr. Nespresso. Na minha opinião, parece-me ser um filme com bastantes hipóteses nos Óscares, caso se confirme a sua anunciada qualidade.

Trailer

 

"Alice in Wonderland" - 4 de Março

Tim Burton visita o universo de Lewis Carroll, (que lhe parece assentar como uma luva), com o compincha Johnny Depp como Mad Hatter. Promete trazer a habitual magia Burtoniana a essas salas pelo mundo fora.

Trailer

 

"Shutter Island" - 25 de Fevereiro

Martin Scorsese aventura-se com Leonardo Di Caprio num estilo ligeiramente diferente daquele a que nos habituou, visitando climas de claustrofobia, paranóia e elevado suspense, quando dois polícias ficam retidos numa prisão isolada do mundo e são mergulhados nos mistérios e segredos da instituição.

Trailer

 

"Inception" - 2 de Setembro

É a lavagem cerebral de originalidade de Christopher Nolan para este ano com Leonardo Di Caprio como protagonista. Nem é preciso dizer mais nada, porque aliás, pouco se sabe sobre o filme.

Trailer

 

"The Imaginarium of Doctor Parnassus" - 4 de Fevereiro

O último filme, por completar, de Heath Ledger, da autoria de Terry Gilliam, a prometer também muita magia, e a contar também com Johnny Depp, Jude Law e Colin Farrell, essenciais para que o filme pudesse ser acabado, (mesmo que um pouco diferente da ideia inicial de Gilliam), não se desperdiçando o trabalho final de Ledger como actor.

Trailer

 

"The Lovely Bones" - (sem data de estreia prevista para Portugal)

O novo filme do grande Peter Jackson, adaptado de um livro mas num tom afastado do épico. É a história de uma adolescente que é assassinada mas que, do Céu, acompanha o drama vivido na Terra pela sua família, e a busca de vingança contra o seu assassíno.

Entram a jovem revelação de "Atonement", Saoirse Ronan, Mark Whalberg, Rachel Weisz, Susan Sarandon e Stanley Tucci.

Trailer

 

Esta semana estreiam outros dois filmes que também são altamente aguardados por mim, "Where the Wild Things Are" e "The Road", mas dada a proximidade da sua estreia, não os incluí aqui.

 

E ficam desde já prometidas umas quantas críticas em atraso a muitos filmes de 2009, os K Awards, com o que foi para mim o melhor deste último ano, e ainda alguns posts destacando os grandes momentos vividos nas salas de Cinema nesta primeira década dos anos 2000.

 

Até já.

 

 

 

publicado por RJ às 14:23
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Os X-Men regressam ao fut...

. O "nada fantástico" Homem...

. I'll be back

. It's that time of the yea...

. Afinal o "Hugo" não é um ...

. E se não há palavras, há ...

. Não há palavras que o des...

. Drivers

. O Natal chegou mais cedo

. Neon-Noir

.Filme da Semana

Uploaded with ImageShack.us

.arquivos

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds