Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008

O Clone de Russell Crowe

 

Pois é, parece que como Russell Crowe detém capacidades únicas e extraordinárias, e também algum mau-feitio, se irá tornar na primeira celebridade de Hollywood a ser clonada!

Não, lamento desiludir-vos mas não é bem este o caso. Mas acredito que dava jeito a Crowe um clone, já que vai desempenhar dois papéis no próximo e muito aguardado filme de Ridley Scott, "Nottingham". E vão ser os dois papéis principais, de xerife e Robin dos Bosques...

Crowe deve estar a tentar fazer concorrência a Eddie Murphy, conhecido, entre outras coisas, por representar bem elementos da mesma família com problemas de flatulência

 

Não ouvia uma notícia tão estranha já há muito tempo. E se estava expectante em relação a este projecto, esta notícia faz-me torcer um pouco o nariz, mas quem sabe? Talvez no futuro venhamos a considerar isto como algo "artístico e original"...

 

 

 

 

publicado por RJ às 23:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Setembro de 2008

Guias Para Heróis Amadores

 

Ao folhear a revista "Sábado", encontro na página 95, uma notícia curiosa.

Um professor canadiano, Paul Zehr, escreveu um livro intitulado "Becoming Batman". Que, como o título indica, ensina os mais corajosos a se tornarem em defensores da justiça, ao estilo do Cavaleiro das Trevas.

Mas não será fácil, meus amigos. O treino dura entre 15 a 25 anos, e convém ter menos de 18 anos. Levar-vos-à ao limite da resistência física e mental, pois necessitam de capacidades de autênticos atletas olímpicos, e o preço não será barato, apenas bilionários conseguirão pagar esta pequena excentricidade.

Já sabem, se tiverem os bolsos recheados, e a resistência de Michael Phelps, o livro sairá em Outubro.

 

Outra coisa curiosa relativa a produzir super-heróis amadores, descobri nesse exercício fabuloso que é o zapping. Andava eu a exercitar o polegar, quando me deparo com a cara de Stan Lee, o pai dos heróis de comics, na Sic Radical. Ao que parece, o mestre dos livros aos quadradinhos, também gosta de amealhar algum dinheiro com esquemas engraçados.

O programa chama-se "Who Wants to be a Superhero?", e é um reality show em que pessoas se vestem de forma aparentemente rídicula e lutam através de testes colocados pelo próprio Stan Lee, para se tornarem super-heróis. O prémio? Uma banda-desenhada saída das mãos de Mr. Lee, com o vencedor como protagonista.

 

Enfim, são coisas como estas que provam a paranóia dos concursos e da fantasia, em que vivemos, e que alimentam um mundo que escolhe soluções cada vez mais estranhas para evitar ser confrontado com os problemas que o rodeiam... E não, não sou mesmo apreciador da cada vez mais popular "moda dos reality shows".

 

 

 

publicado por RJ às 23:11
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Antes Quieto e Sossegado...

 

Batman assumiu-se como um franchise muito lucrativo, através de adaptações ao nível do melhor que o Cinema nos pode oferecer. Portanto, é natural que todas e quaisquer pessoas, queiram lançar umas sugestões quanto ao futuro da personagem no grande ecrã, a ver se algum executivo meio embriagado lhes dá ouvidos.

Agora, foi a vez desse mestre da 7ªarte que é Brett Ratner, responsável por pequenas pérolas como "Rush Hour", "After the Sunset", ou o pirotécnico "X-Men: The Last Stand", (um filme divertido que no entanto não se compara à qualidade dos anteriores), dizer o que acrescentaria ao universo cinematográfico do Homem-Morcego. Parece que a ideia seria um spin-off centrado no Joker, com nada mais nada menos, que o "man of the hour", Robert Downey Jr. no papel principal.

 

Sinceramente, são sugestões destas que dão sempre jeito ouvir, para que se possa dizer mais uma ou duas coisas relativamente às ambições de realizadores como Ratner em arruinar franchises. Como, "Antes um filme do Batman realizado pelo mestre do caos, Michael Bay...".

 

 

 

publicado por RJ às 22:40
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 20 de Setembro de 2008

"WALL·E"

 

A Odisseia de um Improvável Herói

 

Premissa: WALL·E é um pequeno robô destinado a passar a eternidade sozinho a limpar um planeta Terra que se tornou inabitável, até ao dia em que chega EVE, que leva WALL·E numa viagem pelas estrelas, para salvar os seres humanos.

 

Veredicto: Não é mentira que a animação é um género que, de “assunto dos mais novos” passou a um patamar da 7ªarte em que é por vezes mais apreciada até por adultos. “WALL·E”, seguindo um também muito bom, “Ratatouille”, vem reafirmar isto. E a verdade, é que se foram tecidos imensos elogios à jornada que transformou um rato talentoso num cozinheiro de sucesso, a de um pequeno e inocente robô, que nos alerta para os males de uma sociedade em que se polui e consome cada vez mais, e que acaba por salvá-la ao perseguir a vontade de um amor que, de artificial, pouco ou nada tem, é ainda mais enternecedora, ainda mais humana e arrebatadora. Porque quando uma obra-prima nasce, pode nascer das mãos de qualquer um, vinda de qualquer lugar.

 

Nesta visão negra do futuro do nosso planeta, intermináveis arranha-céus de lixo e sujidade são a única prova de que algum tipo de vida “inteligente” passou neste outrora planeta azul, o que sobra da beleza e magia de um lugar que os próprios seres-humanos deixaram de recordar. Os tecnológicamente evoluídos, mas aos quais um robô apaixonado de olhos sonhadores ainda muito pode ensinar, vivem empanturrados, não no lixo que WALL·E diáriamente apanha, mas no seu outro lixo, a epidemia do consumo, a única coisa que lhes preenche a vida, alimentando-os incansávelmente à medida que deixam de poder pensar e até de se poder mover.
Do seu lar não recordam nada. Não conhecem o prazer de proporcionar alegria a alguém, o contentamento das noites outrora passadas a segurar a mão de uma pessoa amada, porque deixaram de amar, enclausurados num mundo gigante, metálico e frio gerido por máquinas, construído pelas mãos destes seres humanos do futuro que, procurando salvação longe de um planeta que se tornou inabitável, acabaram por fazer uma prisão com séculos, destinada a fazê-los sobreviver, nunca a fazê-los viver.
 
“WALL·E” é um filme feito para nos salvar, enquanto ainda há tempo. Para que não tenhamos de esperar por um dia em que aquilo que resta de pequenas imagens em movimentos, o que resta de um filme, retrato da paixão entre duas pessoas, e a beleza e luminosidade ainda contida nos objectos que preencheram as nossas rotinas, ensinem uma pequena máquina, confinada a viver nos destroços da civilização, a desenterrar os sentimentos que noutros tempos comandaram as vidas dos Homens.
 
Mais do que uma obra-prima vinda de uma fenomenal equipa criativa, é uma fábula sobre o destino reservado aos lugares maravilhosos, quando os que os habitam perdem a capacidade de se maravilharem.

 

9/10

 

Memorable Quote

 

Voice in commercial: Too much garbage in your place? There is plenty of space out in space! BnL StarLiners leaving each day. We'll clean up the mess while you're away.

 

Captain: Out there is our home - Home, AUTO! - and it's in trouble. I can't just sit here and do nothing. That's all I've ever done! That's all anyone has ever done on this blasted ship - nothing!
AUTO: In space we will survive.
Captain: I don't want to survive, I want to live!

 

Captain: Computer, define sea.
 

 

 

publicado por RJ às 00:01
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Setembro de 2008

Homem-Aranha Regressa

 

A notícia já tem uns dias, mas de qualquer forma gostava de a deixar por aqui.

Ao que parece, Sam Raimi e Tobey Maguire já assinaram contrato para mais dois filmes da saga do Spider-Man, que deverão ser filmados ao mesmo tempo, como começa a ficar moda nas sequelas. O regresso de Kirsten Dunst também se deverá confirmar dentro de pouco tempo.

Ora estas são excelentes notícias, já que eu não gostaria de ver um recomeço das aventuras do cabeça-de-teia. Acredito em Raimi e acho que Maguire faz um bom Peter Parker.

 

Ficamos também a aguardar pelo anunciar de quais serão os vilões destes próximos filmes. O Lagarto parece-me ser certo que aparecerá, pois o seu alter-ego, Dr. Curt Connors já foi introduzido em "Spider-Man 2" e voltou a aparecer em "Spider-Man 3".

 

 

 

tags:
publicado por RJ às 23:46
link do post | comentar | favorito
|

"Get Smart"

 

Salvar o Mundo, Com Boa-Disposição

 

Premissa: Esta é a adaptação da popular série de televisão com o mesmo nome, (também conhecida entre nós por "Olho Vivo"), que segue as peripécias de um agente da CONTROL, Maxwell Smart, e da sua companheira, Agente 99, para salvar o mundo das mãos da organização criminosa, CAOS.

 

Veredicto: A tradição dos filmes agradáveis e divertidos, remonta há muito tempo, e no fundo, se estas comédias ligeiras e bem-dispostas, podem estar recheadas de uma boa dose de clichés, as críticas que lhes são tecidas também não são novidade. Ora lêmos os mais cépticos dizer que é mais um produto da "falta de imaginação" e "palermice de Verão", ora os que gostam da alegria de passar uma tarde de Domingo a rir, e não se sentem defraudados.

Mas a verdade é que, se aprecio um filme divertido, também existem comédias com as quais não me divirto. Portanto, não basta ser uma comédia, ou um filme ligeiro, para o considerar motivo de recomendação a alguém que me diga querer passar uma hora divertido. Mesmo dentro desta categoria, não podemos deixar de exigir alguma qualidade. É aí que entra Steve Carrell.

 

Steve Carrell é, decididamente, dos melhores actores cómicos que o Cinema possui actualmente. Não interessa que "Get Smart" tenha clichés, não interessa que a história de salvar o mundo já tenha sido vista trezentas e quatro vezes, porque nunca foi vista com Steve Carrell.

Começou na bela série "The Office" a captar a minha atenção. Depois no filme "Dan in the Real Life", (também uma comédia romântica merecedora de uma visualização, muito por culpa do actor), fez-me decidir seguir com atenção os seus próximos projectos.

A verdade é que para ser um bom actor de comédia, alguém que consegue provocar sorrisos e riso no espectador, é preciso mais do que fazer caras estranhas, dizer anedotas capazes de poluir o ambiente de qualquer festa, ou protagonizar mudanças de sexo. O estilo de Carrell, a sua presença no ecrã, torna qualquer comédia que protagonize, um entreternimento longe do banal.

Conseguir fazer comédia sem recorrer aos exageros em que caiem a maioria dos actores do género, tendo uma presença no ecrã, sempre serena, distancia-o destes e torna-o realmente um excelente protagonista de aventuras de Verão.

 

"Get Smart" garante risos, e situações cómicas que não caiem demasiado no disparate, conservando sempre a correcta dose de inteligência. Se procuram a comédia ligeira por excelência, não procurem mais, este é o filme que vos colocará um sorriso na cara, pelo menos até acordarem na manhã de Segunda-Feira.

 

7/10

 

Memorable Quotes

 

Maxwell Smart: I think it's only fair to warn you, this facility is surrounded by a highly trained team of 130 black op snipers.
Siegfried: I don't believe you.
Maxwell Smart: Would you believe 2 dozen Delta Force commandos?
Siegfried: No.
Maxwell Smart: How about Chuck Norris with a BB gun.

 

Maxwell Smart: Are you thinking what I'm thinking?
The Chief: I don't know. Were you thinking, "Holy shit, holy shit, a sword fish almost went through my head"? If so, then yes.

 

Agent 99: Use your peripherals!
Agent 99: Do you see him?
Maxwell Smart: I'm just widening my eyes. I don't actually see anything more.
[turns around to look]
Maxwell Smart: Woah, that's a bad guy, that’s a really bad guy! Did you see his face? His head looks like one of the Easter Island heads!
 

 

 

publicado por RJ às 22:28
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 16 de Setembro de 2008

Momento Zen - "Get Smart"

Shtarker: Too bad about all the dead movie stars.
Siegfried: Yes. What will we do without their razor-sharp political advice.
 

-

 

Siegfried: How do I know you're not Control?
Maxwell Smart: If I were Control, you'd already be dead.
Siegfried: If you were Control, you'd already be dead.
Maxwell Smart: Neither of us is dead, so I am obviously not from Control.
Shtarker: That actually makes sense.
 

 

 

 

publicado por RJ às 13:53
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

O Que Está Para Vir (2/2)

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por RJ às 13:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

O Que Está Para Vir (1/2)

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por RJ às 12:58
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 12 de Setembro de 2008

Quando Um Pequeno Robô Nos Emociona

"Wall.E" é tudo o que vos têm dito que é. Uma pequenua, grande pérola de animação, uma viagem que conduz um inocente robô ao encontro do amor, e à descoberta de sentimentos que o Homem esqueceu.

Vale também a pena ficar pelos créditos finais, para ouvir no conforto da sala de cinema a música "Down to Earth" de Peter Gabriel, perfeitamente adequada a este extraordinário feito da Pixar:

 

publicado por RJ às 23:37
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Os X-Men regressam ao fut...

. O "nada fantástico" Homem...

. I'll be back

. It's that time of the yea...

. Afinal o "Hugo" não é um ...

. E se não há palavras, há ...

. Não há palavras que o des...

. Drivers

. O Natal chegou mais cedo

. Neon-Noir

.Filme da Semana

Uploaded with ImageShack.us

.arquivos

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds