Sexta-feira, 18 de Junho de 2010

Hoje o Cinema pode esperar

 

 

Antes de mais gostaria de pedir desculpa por estas palavras chegarem tão tarde. E peço desculpa porque estas palavras vêem como reacção a uma notícia avassaladora, e às vezes, quanto mais tempo demoramos a comentar notícias destas, parece que menos importância lhes damos. Ainda assim, fique descansado quem esteja a ler, que quanto a mim isso não será verdade. Este não é um apontamento feito de forma fria, por obrigação.

Qual é então a avassaladora notícia? A morte de José Saramago

 

Talvez estejam por aí alguns puritanos espantados por um blog de Cinema fazer um comentário sobre algo que só de forma bastante remota estará relacionado com tal temática. Sinceramente, a mim isso não poderia interessar menos. Cada vez mais procuro fazer deste espaço um lugar de reflexão espontânea, de pensamentos que não surgem de uma obrigação mas de uma necessidade genuína de ter algo a dizer. Isto claro, sem cometer o erro de dar demasiada importância a mim mesmo, apenas a simples importância que tem mais uma voz, seja ela qual for.

É deste espírito de partilhar coisas de forma genuína que aparece a necessidade de colocar o Cinema em segundo plano por hoje. Porque hoje, neste dia em que o mundo ficou incrivelmente mais pobre, o resto pode esperar.

 

Ora, a tarefa de produzir palavras que traduzam  de forma minimamente verdadeira o peso desta perda, é quase impossível. Daí que não tenho ilusões: estes elogios pecam por defeito. Contudo, acho que seria uma pena não os escrever, mesmo que possam ser só mais uns.

Saramago ergueu-se das origens mais modestas para se revelar um artista incomparável, provando que mesmo barreiras que parecem intransponíveis, podem ser derrubadas. Foi um filósofo, um mestre a manejar a palavra. Construiu críticas únicas, olhares que expuseram e continuarão a expôr, a verdade. Nua, crua, visceral e dolorosa. Não se resignou, foi uma voz de revolta e defendeu os seus valores e princípios mesmo perante os insultos daqueles a quem críticas não convinham.

Foi e será, um exemplo de humanidade, pois não foi só um dos maiores escritores portugueses da História, foi inquestionávelmente, um dos maiores Homens a quem o mundo já teve o prazer de servir de casa.

 

E como sinto que pouco mais posso acrescentar e como acho que provavelmente as melhores palavras para perdurarem aqui são algumas de entre as muitas vindas do próprio Saramago, deixo aqui as últimas que publicou no seu blog, Outros Cadernos de Saramago, que retirou de uma entrevista sua ao Expresso em Outubro de 2008, e onde não falta, como de costume, verdade:

 

"Acho que na sociedade actual nos falta filosofia. Filosofia como espaço, lugar, método de reflexão, que pode não ter um objectivo determinado, como a ciência, que avança para satisfazer objectivos. Falta-nos reflexão, pensar, precisamos do trabalho de pensar, e parece-me que, sem ideias, nao vamos a parte nenhuma."

 

José Saramago

 

 

 

publicado por RJ às 22:49
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Diana a 21 de Junho de 2010 às 11:36
muito bom.
Não escrevi nada no meu blog até agora, pk primeiro, não tenho tido tempo, e depois, não encontrava as palavras certas.
Pelo que o que resolvi foi pura e simplesmente deixar o blog do Saramago na lista de blogues. Com posts recentemente publicados pela Fundação Saramago.
A melhor maneira é ir lá dar uma vista de olhos, e talvez pensar um bocadinho..

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Os X-Men regressam ao fut...

. O "nada fantástico" Homem...

. I'll be back

. It's that time of the yea...

. Afinal o "Hugo" não é um ...

. E se não há palavras, há ...

. Não há palavras que o des...

. Drivers

. O Natal chegou mais cedo

. Neon-Noir

.Filme da Semana

Uploaded with ImageShack.us

.arquivos

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds