Sexta-feira, 18 de Abril de 2008

"About Schmidt"

 

Em Busca da Felicidade

 

Premissa: Incapaz de lidar com a sua súbita reforma, Warren Schmidt procura um sentido para a sua vida.

 

Veredicto: Jack Nicholson, numa interpretação que lhe valeu o Globo de Ouro e a nomeação ao Óscar, encarna um homem para quem tudo deixou de fazer sentido.

Após se reformar a raiva apodera-se dele. Uma raiva que esconde dentro de si, longe dos outros, longe de ser vista... uma mágoa por no fundo saber que desperdiçou o seu tempo.

 

Encontra refúgio na missão de impedir que a sua filha case com um vendedor de colchões de água, que não parece garantir o futuro que deseja assegurar a esta. Com a morte da sua mulher percebe que a relação que manteve durante tantos anos, era um vazio. A sua vida é um vazio, ninguém o conhece verdadeiramente, nem ele se conhece...

Pertenceu a uma grande empresa, possui o necessário para passar o resto da sua vida tranquilo, mas algo continua a faltar... não realizou algo que faça com que seja lembrado, após ele e todos os que o conheceram, partirem.

 

Schmidt empreende aqui a viagem para descobrir o que o fará, ser recordado, o que mudou no mundo.

É um homem triste, um homem muito triste que carrega o fardo de não ter descoberto um sentido para a sua vida. Os bens materiais, família e amigos não substituem uma felicidade que devemos encontrar em nós mesmos.

É então que, num acto de generosidade, decide tornar-se "padrinho" de uma criança que vive em pobreza, enviando-lhe todos os meses dinheiro e uma carta em que desabafa tudo aquilo que perturba a sua mente. Toda a infelicidade.

Torna assim uma criança que nada saberá de problemas que afectam adultos abastados vivendo do outro lado do oceano, sua confidente. Descarrega toda a sua raiva e conta todos os problemas que o afligem, a alguém que provavelmente, será incapaz de os compreender.

 

É nesta criança, símbolo de esperança num mundo melhor, que Schimdt encontrará a Razão, o sentido da sua existência. É num desenho, num sorriso formado no momento em que a cortina se encerra que termina a sua busca pela felicidade.

 

Uma viagem de autodescoberta que todos devemos realizar mais cedo ou mais tarde. Uma busca recheada de pura dúvida e tristeza, que se abate sobre nós, quando vêmos que o fim pode estar a chegar...

 

9/10

 

Memorable Quotes

 

Warren Schmidt: Dear Ndugu...

 

[Warren is on top of the motor home under a starry night]
Warren Schmidt: Helen, what did you really think of me, deep in your heart? Was I really the man you wanted to be with? Was I? Or were you disappointed and too nice to show it? I forgive you for Ray. I forgive you. That was a long time ago, and I know I wasn't always the king of kings. I let you down. I'm sorry, Helen. Can you forgive me? Can you forgive me?
[a shooting star passes by]

 

Warren Schmidt: I know we're all pretty small in the big scheme of things, and I suppose the most you can hope for is to make some kind of difference, but what kind of difference have I made? What in the world is better because of me?

 

Warren Schmidt: Relatively soon, I will die. Maybe in 20 years, maybe tomorrow, it doesn't matter. Once I am dead and everyone who knew me dies too, it will be as though I never existed. What difference has my life made to anyone. None that I can think of. None at all.

 


 

publicado por RJ às 22:56
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Hugo a 20 de Abril de 2008 às 01:09
Sem dúvida um ótimo filme, um drama que faz refletir "vale a pena sacrificar anos da vida por trabalho e segurança apenas?".
Quem assistir ao filme, com certeza vai tentar viver muito mais o momento.
Ótimo interpretação de Nicholson, aqui fazendo um papel de acordo com sua idade verdadeira.

Abraço.
De Diana a 20 de Abril de 2008 às 10:55
Bom, eu inda não vi o filme.
pelo resumo que meteste do filme, não parece um pouco como Bucket List (dsclpem s tá mal escrito)? Quer dizer.. o personagem.. De repente vê-se confrontado com uma situação e resolve pensar em tudo o que fez e não fez na vida, apesar de por razões diferentes (A reforma não é a morte). Mas digo sinceramente, e peço desculpa por mais um comentário pessimista.. quantos filmes deste género já foram feitos? Toda a gente sabe que se só viver para o trabalho, no final não tem muito mais que isso. Creio que a razão por que continuam a fazer estes filmes é porque, em primeiro lugar são americanos, e os americanos (desculpem-me) mas estão um pouco atrás no geral, a nível intelectual que os europeus e até outros povos. Basta-se ver que um dos livros com mais sucesso nos EUA é Paulo Coelho (que escreve basicamente o que toda a gente já sabe). Em segundo lugar, será se calhar porque os produtores acham que cada vez há mais pessoas assim e querem "tocar" ou chegar a elas?
Cá para mim, estes filmes já não me dizem nada.. E não é por eu ver o filme que vou mudar.
Porque a realidade é que temos de trabalhar para sobreviver, e temos cada vez um mundo mais competitivo, que exige de nós cada vez mais cedo! O que temos é de saber conjugar tudo o que temos na vida!
bjinhos***
De Ricardo Fernandes a 21 de Abril de 2008 às 15:00
Adorei este filme quando o vi. Maravilha!!!!
De Loungeart a 21 de Abril de 2008 às 17:33
Uma palavra para este filme, PERFEITO. Um abraço

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Os X-Men regressam ao fut...

. O "nada fantástico" Homem...

. I'll be back

. It's that time of the yea...

. Afinal o "Hugo" não é um ...

. E se não há palavras, há ...

. Não há palavras que o des...

. Drivers

. O Natal chegou mais cedo

. Neon-Noir

.Filme da Semana

Uploaded with ImageShack.us

.arquivos

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds